Trilha do Sertão do Moreira – Campos do Jordão

Tijolo e Silvério no primeiro trecho de reflorestamento. Trilha agradável na floresta sombreada

Sábado passado, tive o privilégio de pedalar com os broters Luciano “Tijolo” Corrêa e Silvério Néry. O Tijolo é velho conhecido deste blog e biker assíduo de Campos do Jordão. Já o Silvério é o atual presidente da CBME (Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada) http://www.cbme.org.br e apesar de pedalar sempre em São Paulo, fazia tempo que não pegava uma trilha.

Pra sacanear a gente, o Tijolo escolheu uma trilha que levou quase o dia inteiro para cobrirmos os 30km. Saímos do Pico do Itapeva em diração ao Horto Florestal. A primeira parte da trilha é sussa. Estrada, trilha por reflorestamentos de pinus… só alegria. Aos poucos, a trilhas vai diminuindo e ficando mais esburacada e cheia de obstáculos, forçando-nos a empurrar as magrelas. Por uma penca de quilômetros foi assim. Contornando uma cerca que segue a crista que divida e aserra da Mantiqueira do Vale do Paraíba, após 1 hora de caminhada, chegamos a um topo dom 1.960m de altitude que é o ponto culminante deste percurso. Nossa sorte é que pelo mesnos essa parte é toda na sombra.

A trilha vai mudando a medida que o pinus fica para trás e a mata atlântica toma espaço. Ela diminuindo e ficando difícil de pedalar.

Silvério no trecho que campos após a floresta

 

Após este trecho, seguimos por um pasto, onde, para quem for repetir a trilha, um GPS será de grande valia, pois não há muitos pontos de referência a serem seguidos, e o capim alto dificulta a visualização por mais de 2 km. Neste trecho tomei um tombo no qual a bike travou num buraco e passou por cima de mim! Caracas! por sorte caí num tufo de capim e saí ileso. Ainda bem que os caras não viram, pois iriam me alugar o resto do dia.

Após a descida, entremos na trilha que margeia o rio Canhambora, já dentro do Parque Estadual de Campos do Jordão. Mais um rolê de 20 min e estamos no restaurante do Horto destruindo duas trutas do tamanho do prato. Dalí, seguimos pelo asfalto até Capivari, onde pegamos o carro do Tijolo e resgatamos o meu, que havia ficado no Itapeva.

Valeu Tijolo e Silvério pela companhia e prosa neste dia maravilhoso de perrengue pelos campos da serra.

Na trilha do Sapucaí, dentro do Horto Florestal. Nesta trilha é permitido bicicletas.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: