Archive for the ‘ Equipamentos ’ Category

Mountain Bike na Serra da Mantiqueira – finalmente saiu da gráfica!

Mountain Bike na Serra da Mantiqueira

Após um ano de levantamentos e mais de 730km de trilhas mapeadas, finalmente saiu da gráfica o guia Mountain Bike na Serra da Mantiqueira, com 32 trilhas detalhadas pelas cidades de Campos do Jordão, São Bento do Sapucaí e sul de Minas Gerais (Gonçalves, Paraisópolis e Sapucaí-Mirim).

Com 96 páginas no formato de bolso, o guia que custa R$ 20,00 poderá ainda ser acompanhado de um DVD (R$ 5,00) contendo os arquivos GPS das trilhas que constam na publicação, mais algumas trilhas bônus, além de vídeos.

O Guia estará em breve à venda nas lojas especializadas, mas já pode ser adquirido por correio no site https://mantiqueirabikers.wordpress.com/guia-mtb-serra-da-mantiqueira/

Boas pedaladas mantiqueirenses!

Sistema de paginação e descrição das rotas.

Anúncios

Pedal até o Campestre e Ponte Nova

Pronto pra fritar as pernas, na igrejinha em frente ao NR

Definitivamente hoje não era um dia pra pedalar. Estou com dor de garganta faz dois dias e amanheceu com muito frio aqui na serra. Mas… o trabalho do Guia está atrasado, então, já que não tem jeito, vambora. Tomo um coquetel antes de sair de São Bento e sigo para Sapucaí-Mirim, mapear o caminho para o Campestre e achar uma saída para o Bairro da Ponte Nova.

A estrada começa quase no centro da cidade, numa igreja em frente ao Acampamento NR. Zero o odômetro, limpo os dados do GPS e toco ladeira acima. A primeira vez que estive que subi esta estrada, foi com um croqui de trilhas de Sérgio Beck, no qual descrevia o caminho para o Alto do Campestre e a volta pelo Serrano e São Bento do Sapucaí. Os caboclos conhecem o Alto do Campestre como Pedra Bonita e para o pessoal local, Campestre é um outro pico, mais alto onde há umas antenas de retransmissão de TV.

A subida fica forte antes de completar 2km. E sobe sem descanso por mais 8km, até uns sítios onde havia a serraria que era o ponto de entrada da trilha para a Pedra Bonita. Por sorte, nunca vi aqui na região uma estrada com tanta sobra, cheguei a passar frio, mesmo com o sol forte. A serraria foi desativada e não cheguei a ver ninguém que pudesse me informar sobre o acesso atual para chegar a Pedra. Deste ponto em diante, a estrada sobe mais suave por 4km até uma bifurcação que segue de volta a Sapucaí-Mirim ou Monte Verde. Desço, deitando o cabelo na estrada que é bem larga e em 40minutos chego ao Bairro da Ponte Nova, onde sigo mais uns poucos quilômetros pelo asfalto.

Pinhões estão frescos e gostosos agora, em junho você vai comer pinhões duros nas festas juninas.

Alto do Campestre ou Pedra Bonita, vista da estrada, onde existia a serraria que marcava o início da trilha. Dez quilômetros após Sapucaí-Mirim.

No rolê de hoje, ao contrário dos outros, onde deixava o GPS na mochila, levei-o no guidão da bike para ir conferindo o odômetro do GPS que funciona via satélite com o do ciclo-computador, que marca conforme o giro da roda. Já sabia que iria dar alguma diferença, e rolou mesmo, pequena nos trechos de subida, já que ao andar mais lentamente o GPS é mais preciso e marca em linha reta, não contando alguns zig-zags que o do ciclo-computador considera. Daí que na subida, o ciclo-computador marcou uma diferença para mais, em torno de 2%. Já na descida, como não há tempo do GPS ler todas as curvas, ela vai formando retas, e a diferença subiu para algo em torno de 6% de diferença. Sussa, dá para se orientar, ainda mais numa estrada.

Na subida, deu menos de 2% de diferença entre o GPS e o ciclo-computador

Mapa da banda de hoje

Bike Park Zoom Aventura no Pesca na Montanha

Marcio Prado num single track do bike park

Ontem, junto do Vitor e Mateus, fui pedalar com o Marcio Prado, amigo de longa data, montanhista, escalador e biker que há anos, que vem trabalhando e difundindo o Mountain Bike com sua empresa Zoom Aventura, sediada no Horto Florestal de Campos do Jordão.

O mais novo projeto do biker-empresário é a reforma e ampliação das trilhas de MTB no parque Pesca na Montanha. Estas trilhas estavam abandonadas há anos e agora Marcio e sua equipe as estão reformando e ampliando. Sem dúvida nenhuma que este será um campo de treino excelente e obrigatório para qualquer um que more ou esteja visitando a região. Conferimos 6 trilhas de vários níveis de dificuldade e saímos deslumbrados por termos rendido tanto divertimento em um lugar tão bonito.

Vitor no novo quadro Stamina da MOB

Mateus no bosque de pinheiros

Sequência de 3 pontes para soltar o freio. Na última eu pensei bem antes de dropar! Lindo!

A nova bike ficou bem leve, ideal para manobras curtas.

Aproveitando a deixa, o Vitor e eu estávamos estreiando os novos quadros Stamina da Masters of Bikes. Caraca! excelentes. O meu, de 20″ após um breve período de adaptação se encaixou perfeitamente no meu estilo de pedalada, além de que a diferença de apenas 1″ a mais do meu quadro anterior me deu muito mais conforto ao pedalar. O Vitor, que usava um quadro de marca americana considerou o MOB muito semelhante tanto na performance quanto no peso (igual). A chuva nos surpreendeu cedo, a com apenas 2 horas e 5km de pedal pelas trilhas, resolvemos voltar pra casa: eu de carro, e os moleques de bike, deitando o cabelo na serra que desce do Toldi até o Paiol Grande, onde o doidão do Vitor chegou a quase 70km numa estrada cheia de curvas… e o figura, já sabendo que vai tomar uma chamada, ainda vem contando vantagem. Bem, de que adianta aprontar se depois não se pode falar?

Detalhe do modelo 20"

Cogumelo psicodélico

Cogumelo psicodélico

O Bike Park vai ser inaugurado em breve galera, o Marcio vai fazer um evento de inauguração e é importante que todos os que se importam com o futuro do MTB na região compareçam para apoiar quem literalmente tirou a bunda do selim e pegou na enxada para fazer um lugar tão bacana para que nós possamos nos divertir e nos aprimorarmos.

Boas pedaladas!

Manutenção da sua magrela

Paulão Menezes

Assista ao vídeo com o mecânico de MTB Paulão Menezes sobre a importância da manutenção periódica de sua bike, no meu blog na ESPN.

http://espn.estadao.com.br/eliseufrechou/post/227090_MANUTENCAO+DA+SUA+BIKE

Equipamentos de Montanha – novembro

ESPN.com.br / Eliseu Frechou – Informação é o nosso esporte – Equipamentos de Montanha – novembro.

Review de equipamentos: Tênis 3X Snake, freio Pan Cake Ashima, Camiseta X-Sensor IF Solo e Sacos de Dormir Exosphere Deuter.